Só as mães são felizes!

"O amor é intenso,único!Livre de cobranças, cheio de entregas!"

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Inspirado na Kah: Campeonato de Bebês.

Postado por LUA às 22:09
Reações: 
A kah levantou aqui uma questão super irritante mas que eu acho que acontece com todo mundo.
Bem: a competição de bebês.
Sabe quando vc vai numa festa e dispara a competição:- "faz isso bebê!!",-" imita num-sei-o-que-nenem-de-mamae", -"minha filha andou com 6 meses"- "ah!!a minha falou com 3"-
Tem coisa mais irritante?!
Vai bem de encontro com o meu post esses dias sobre cada criança ser uma criança- e não custa respeitar!
Aqui, Malá nasceu junto com mais dois primos, e é só encontrar numa festa que logo se nota as comparações,- "mas a neta de "Nãoseiquem" é muuuuuito esperta, fala tudooo"- aí a Nãoseiquem toda orgulhosa, se infla e diz -"é mas a neta de "Fulana" tá muito magrinha, a minha come tudooo que vê, tadinha da netinha de de Fulana"- ahhhhhhhh! e no final, advinha de quem é a culpa se algo vai errado? da mãe,lógico!!!
A Kah falou uma coisa muita certa: é impressionante como tem gente que se julga muito mais capaz de criar nossos filhos do que a gente!!!
Impressionante, como sempre tem alguma coisa que fazemos de errado, e que tem que ser seguida sob pena de sermos crucificadas feito Jesus na cruz!!!(olha o drama olha o drama!!!)
Mas falando sério...é complicado essas coisas...
Como muitas de vcs têm acompanhado vira-e-mexe Malá tem dado febres, gripes e afins...e agora parece que a culpa é da mãe!!!
Parece que é negligencia minha!!!E o pior é que as vezes eu acredito nisso!Me acho a pior mãe do mundo por ver minha filha caidinha...e depois que passa, mesmo que ela esteja bem, me sinto de novo a pior mãe do mundo por não conseguir fazer ela comer, e talvez por isso ela não tenha firmeza pra manter uma saúde estável...(tá vendo?já to reproduzindo as ideias que colocam na minha cabeça!)
Segundo o pediatra está tudo bem com Malá, peso ok, desenvolvimento tb, mas a menina não come. Não é que ela coma pouco, tem vezes que ela passa o dia só com mamadeira!E o pediatra diz que não tem problema, acho que justamente por não ter problemas no desenvolvimento.sei lá. Fico entre a cruz e a espada, Entre a opinião dos medicos e das avós de Malázinha, de fulaninha, de beltraninha....
uó.
Ai ai ai....#quasemorro.

16 comentários:

Si on 17 de novembro de 2010 22:16 disse...

Lu.. relaxa, se os exames, peso, altura deu tudo ok... não precisa tanta preocupação assim, sei o que vc passa, pois aki em casa tb tenho um que vire e mexe adoece, nariz escorrendo é "normal" aki en casa.... ele tb não come o que deveria... porem seu desenvolvimento ta normal.... recorri ao suplemento alimentar (sustagem kids), misturo no leite e supri as necessidades que ele não come.... o medico dele disse que é bom... pergunte ao pediatra da mala e veja se pode ser dado a ela... assim reforça o organismo dela....

Kah on 17 de novembro de 2010 22:27 disse...

Sabe, Lua, eu sempre fui magrelinha toda. Mesmo, mesmo. Hoje peso 45kg se muito. hahaha Minha avó insistiu tanto, tanto, que minha mãe questionou o pediatra. Sabe o que ele disse?
- Pergunta para sua mãe o que ela prefere: uma neta magra e saudável OU gordinha e doente.
A coisa é por aí.

Essas doencinhas bestas são da idade, MESMO. E a Malá poderia se entupir de arroz com feijão que ia continuar na MESMA. Essas doenças da infância, pela antropologia, são uma forma do corpo se preparar para combater as doenças da idade (esclerose, o seu alemão lá - Alzheimer, e assim por diante). Outra coisa, criança que tem comida de qualidade não passa fome! Muito melhor ela comer um naquinho de beterraba, por exemplo, do que se esbaldar na bolacha Trakinas!
Beijão!

Amanda Lima on 17 de novembro de 2010 22:29 disse...

Olha, a questão da comparação é difícil mesmo..Tenho uma amiga (mega desbocada)que um dia, ao ouvir uma senhora falar que a gabi estava magrinha disse bem assim "Se comparar com seu netinho obeso ela é magrinha, mas se comparar com uma criancinha da África ela é gordinha". Quase morri na hora, mas gostei da idéia. Não tem que comparar e pronto.
Sobre a comida, Malá pode ser do tipo que "precisa de pouco pra viver". Claro que a alimentação influencia um pouco na parte da imunidade, mas não dá pra colocar comida garganta abaixo né? Talvez diversificar um pouco a comida, fazer caretinhas usando alimentos, essas coisas.
E sobre ser magrinhas, não é defeito não! Sempre comi muito e sempre fui mega magra(engravidei com 45 kg pra 1,60). Hoje tô com 48 kgde muito bem, mesmo comendo bastante, vai do metabolismo!

beijos

Micheli on 17 de novembro de 2010 23:04 disse...

Oi, amiga!
Minha pequena come bem - mas o que considero bem é comer comida variada e não quantidade -, mas sempre foi magrinha. E será baixinha, como a mãe, que criança também era magricela. E daí? Quando me perguntam o peso da Clara para comparar com outra criança eu nem respondo, porque sei que vão fazer cara feia. Ela é magra, mas saudável. E pronto.
Fica tranquila, amiga, você como mãe com certeza faz e sabe o que é melhor para a sua filha melhor do que ninguém.
Beijos.

Janaína Mascarenhas on 17 de novembro de 2010 23:44 disse...

Querida, se a gente for dar ouvido a tudo que dizem, a gente enlouquece. Siga seu instinto de mãe, que nunca falha. bjks

sofia-educarcomcarinho on 18 de novembro de 2010 07:17 disse...

Mais que ninguém é você mãe que sabe o melhor para a sua filha. Você a conhece melhor que ninguém.
Por vezes é difícil ignorar aquelas pessoas que não tendo mais nada que fazer falam da vida dos outros, não dê importância.
E se o desenvolvimento da sua filha está em ordem, o ela comer pouco só indica que o ritmo dela é diferente ela não precisa comer mais. Você só se precisa de se focar na alimentação variada e saudável que lhe oferece, escolhe o que ela vai comer e ela escolherá a quantidade.
E com muito mimo e carinho á mistura vai ver que vai correr tudo lindamente :)
Bjo

(Mamãe) ~Pinel on 18 de novembro de 2010 08:32 disse...

A pior parte é mesmo quando começamos a achar e a sentir a tal culpa de que nós é que fazemos algo errado né?

Estou me sentindo péssima pela Lara estar tendo refluxo e estar chorando tanto. Inclusive, estou morrendo de medo dela perder peso, e acho que é minha culpa! =/
Fazer o que? Ossos do ofício, certo?


Mas, se o pediatra disse que a Malá está saudável, é isso o que importa! =D

Beijo!

Mamãe do Matheus on 18 de novembro de 2010 13:26 disse...

Oi amiga...já peguei o selinho...desculpa o atraso..rs*
Sua amiga aqui tá enroladissimaaaa...trabalhando!obaaa!Marido me convocou para fazer o cartaz,folder e os ingressos da peça que ele está dirigindo e agora só faltam os folders e os ingressos...bora fazer a arte!Depois prometo que venho com mais calma aqui,e posto os selinhos!
Beijão!!
Danny e Matheus
www.mamysdematheus.blogspot.com

Sarah on 18 de novembro de 2010 13:47 disse...

Lu, esses pitacos são mega irritantes mesmo. Bento também tem um primo próximo, com apenas 4 meses de diferença. E claro que rolam mil comparações... "o primo andou antes mesmo sendo mais novo", "Bento já fala tantas palavrinhas e o primo nada" e assim por diante. Infelizmente vamos ouvir essas coisas muitas e muitas vezes. Mas jamais podemos nos sentir menos mães por isso!!
Malá é feliz, espertíssima, linda, desenvolve-se bem. As crianças ficam doentes mesmo, não se culpe! Vc é uma mãe dedicada, que faz o melhor para sua pequena.
E ignore os comentários maldosos e pitacos vazios... não servem para nada.
beijo!

Mãe Mochileira,filho malinha.. on 18 de novembro de 2010 23:00 disse...

oi Lua..olha, eu n sei se eu to meio cansada ou é so burrice mesmo..mas eu to meio confusa onde comentar aqui no blog...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk(liga não amiga,deve ser a idade chegando)eu penso que to comentando em um post e comento em outro, ai ai ai...kkkkkkkkkk..
Bem, eu tb detesto comentarios de comparações entre crianças,cada uma tem seu ritmo proprio..meu filho é magrelinho e escuto horrores..acho q as pessoas pensam que torturo ele e deixo ele com fome..
:-/
e tb escutei um monte,pq ele demorou a falar..so veio falar com dois anos e meio. passei um tempao ouvindo td mundo me mandando procurar um especialista..isso torra a gente né?da uma preguiçaaaa dessas pessoas...rsrsrs..
beijao,otima semana!!!

Andressa Collodetti Duarte on 19 de novembro de 2010 00:10 disse...

Relax! todo mundo acha que pode ser melhor mãe que a gente ! A nosso própria mãe, a sogra (principalmete) enfim... isso acaba afetando nosso emocional e nos convencendo que realmente somos ruins. A Vic tambem quase não come nada , passa o dia com biscoito e suco, as vezes só mamadeira,eu faço mamadeira de neston vitamina, ms o pediatra diz que isso tudo é normal,a falta de apetite, as doenças , é fase , vai passar com a idade.O importante é que o desenvolvimento dela é normal. Então não se julgue , isso faz mal a vc e a ela também. Vc acaba ficando triste e não curte sua filhotinha!
** quanto ao template me passa seu e-mail e eu te mando as dicas pra mudar as fotos do slide, eu trabalho com webdesigner e posso te passar algumas dicas! E mais uma vez, adoro seu blog e o template esta lindo!
beijão
Andressa

Andressa Collodetti Duarte on 19 de novembro de 2010 00:44 disse...

rsrsrs, não!! DEUS me livre! rs! eu sou militar na MARINHA e tenho uma especialidade administrativa e tal...ainda bem ! Pode deixar que eu te mando as dicas deixa eu so preparar um manualzinho bacana!

bjks

Mãe Mochileira,filho malinha.. on 19 de novembro de 2010 00:58 disse...

eeeuuuu de novooo..kkkk..menina,eu to tão doida essa semana falei,falei aqui e esqueci de falar..eu quero sim q vc me envie o email ensinando a mudar o blog sim,por favor!!!
manda para maemochileira@yahoo.com.br
beijão e obrigada,viu!!!
;-)

Mariana Hart on 19 de novembro de 2010 14:23 disse...

Ai queriii... vamos apostar que depois do 2º filho vc vai parar de se incomodar e rir dos comentários alheios?!?!hahahaha... eu faço cara de paisagem, me faço de louca!

Cada mãe sabe o que é melhor para sua cria e ponto final!

E olha, peso NÃO é sinônimo de saúde!Tive certeza disso qdo Pedro estava na uti neo natal com 1,100g super saudável, e Leo com 2kg cheio de problemas.

Principalmete qdo são as vovóiznhas(com todo respeito!rs), mas o conflito de gerações é inevitável!

Bjão lindoca, deixa essa culpa de lado!Vc é uma super mãe e a Malá muito feliz e bem cuidada!=)

Pinguinho da Mamãe on 20 de novembro de 2010 16:23 disse...

Lua.
Tem um programa na tv a cabo que é exatamente esta questão.
Se vc acha que pode criar as crianças melhor, crie???
Não lembro o nome, mas as situações mudam depois da experiencia.
A conversa entre mamães sobre o crescimento e desemvolvimento é super saudável, desde que a competição e comparação fiquem de lado.
A Fê tb é pequenininha, desde bebe, prematura então, imagina..
Fica tranquila, Malá é linda e saudável...
Bjs
Ju

Dani on 21 de novembro de 2010 22:41 disse...

rs

Teve competição de bebês esse final de semana, e duplo: em um casamento e em um evento do meu trabalho... rs

Só rindo...

Ouvi um: Nossa, ele ainda não anda? (meu Léo não tem nem 11 meses...) Ahhh, meu filho andou com 8 meses... kkk

Bjinhos...

Twitter

Followers

 

Só as mães são felizes! Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare